Aku no Hana, Flowers of Evil, 惡の華


Gêneros: Psicológico, Drama, Romance, Escolar, Shounen
Episódios: 13
Status Atual: Completo
Autor: Shuuzou Oshimi
Estúdio: Zexcs
Tipo: Legendado
Ano: 2013
Temporada: Primavera
Classificação: 18 anos

Nota: star 6.92 (357764 votos)

Aberturas: #1: "Aku no Hana -Takao Kasuga- (??? -????-)" - Uchujin (with guest v
#2: "Aku no Hana -Sawa Nakamura- (??? -????-)" - Uchujin (with guest
#3: "Aku no Hana -Nanako Saeki- (??? -?????-)" - Uchujin (with guest
#4: "Aku no Hana -Gunma-ken, Kiryuushi- (??? -??????-)" - Uchujin (ep
Encerramentos: #1: "Hana -a last flower- (? -a last flower-)" - ASA-CHANG & JUNRAY (
#2: "Hana -a last flower- ver.Z (? -a last flower- ver.Z)" - ASA-CHAN
#3: "Hana (?)" - ASA-CHANG & JUNRAY (ep 7)
#4: "Hana -a last flower- ver.X (? -a last flower- ver.X)" - ASA-CHAN

Tags:  

Estatísticas do Anime:

Pausaram
Assistiram
Assistindo
Pretendem Assistir
Desistiram

Personagens:




Aku No Hana

Kasuga Takao é um garoto que adora ler livros, especialmente de Baudelaire Les Fleurs du Mal. Uma garota em sua escola, Nanako Saeki, é sua musa e sua Vênus, ele admira ela a distância. Um dia, ele se esquece de sua cópia de Les Fleurs du Mal na sala de aula e corre de volta sozinho para buscá-la. Na sala de aula, ele encontra não só o livro dele, mas o uniforme da Saeki de ginásio. Em um impulso louco, ele rouba o uniforme da Saeki. Agora todo mundo sabe "algum pervertido" roubou o uniforme da Saeki, e Kasuga está morrendo de vergonha e culpa. Além disso, a garota, estranha assustadora, e sem amigos de classe, Nakamura, o viu roubar o uniforme. Em vez de revelar que era ele, ela reconhece a sua alma gêmea desviante e usa seus conhecimentos para tomar o controle de sua vida.

star Rank #3798 Mais Votado
favorite Rank #1832 Mais Popular
Tão lindo! ·

______Feio? Sim, claro, mas isso é ruim? Eu não acho. Antes de tudo praqueles que temem spoilers não se preocupem, minha intenção é convencer você a ver, então não, evitarei spoilers a todo custo. Vou direto ao ponto, tenho muita coisa a dizer, vai ser uma longa leitura.

______O visual excêntrico: É impossível falar dessa obra sem cita-lo, foi usado Rotoscopia uma técnica que basicamente filma a cena com atores e depois desenha-se quadro por quadro, manualmente ou eletronicamente, (no grosso, dar uma pesquisada se for de seu interesse, recomendo é fascinante), Mas por que o diretor fez isso se é tão feio? Bem não é não, por exemplo o terceiro EP de Kaguya-sama a ending foi muito bem elogiada por ser maravilhosamente animada e fluida, lá também foi usada Rotoscopia, manual. No caso de Aku no Hana foi tudo capturado eletronicamente exceto por alguns ajustes aqui e ali. Enfim deixando a Rotoscopia de lado. É feio de proposito, a intenção do diretor foi a de criar personagens realistas, funcionou? Sim, se compararmos com outras obras até mesmo com o mangá que o originou, todos os personagens dessas outras têm um design de certa forma “maneiro, bonito, descolado, Etc.” e nós sabemos que pessoas não são assim, não a grande maioria, sabemos que somos cheios de defeitos não só físicos, e isso é passado na obra de forma magnifica, o que combina perfeitamente com a personalidade de cada um deles, todos humanizados pés-no-chão, enquanto assistia eu me perguntava a quanto tempo eu não via pessoas de verdade em filmes e animes, obviamente me refiro a obras realistas, (slice of life, por exemplo), só que ai tu me fala “pô Game of thrones é cheio de personagens realistas, esféricos e blá-blá-blá”, sim é verdade, mas aquelas pessoas estão sujeitas a situações surreais, lá temos Guerreiros, reis, cavaleiros, todos realistas sim, entretanto não são pessoas, pessoas do nosso cotidiano, familiar. aqui em Aku no hana vemos pessoas reais em situações reais, é doloroso até, é desconfortável ver o Kasuga sendo arrastado para anormalidade, mas aqui começamos a entrar em outro assunto.

______O começo é lento e tedioso, vemos a cidade ser mostrada monótona, feia, “enferrujada”, sempre repetindo os mesmo locais mostrados na rotina tediosa e repetitiva do Kasuga, não só dele de praticamente todos ali, e conhecemos nosso protagonista “diferentão” ele lê livros que ninguém entende, gosta de coisas que os outros não se interessam, tem um amor platônico desde sempre por sua musa, seu anjo Saeki-san, se acha de certa forma superior aos outros, mas logo descobrimos que ele é vazio, isso é explicitado na obra, mas é perceptível logo no começo, percebe-se que o Kasuga não tem onde se encaixar, mas ele tenta desesperadamente se fazer merecedor de um lugar no mundo, não qualquer lugar como seus colegas “normais”, ele almeja um “lugar” só dele, assumindo um papel. É ai que conhecemos a Nakamura Sawa, alguém realmente diferente, será mesmo? Ela tem essa ligação com o Kasuga de não ter um lugar por ser uma “pervertida” sempre irritada, xingando seus colegas, afastando as pessoas “inferiores” de si mesma, odeia a pequena cidadezinha onde vive, “cheia de gente de merda”. E temos a cena gatilho, onde a Nakamura oferece metaforicamente um lugar pro Kasuga, ela decide trazer a tona o pervertido interior que ele tanto tenta esconder, mas na verdade ele não tem nada a esconder, porém mesmo assim aceita, finalmente ele si depara com um caminho pra trilhar um papel pra interpretar, isso acontece lentamente e é apavorante, eu fiquei surpreso com tanta tensão.

______Falando agora da Nakamura que rouba os holofotes, ela é o motivo de pular para o próximo capitulo, todo o mistério a sua volta nos instiga nos deixando cada vez mais interessados em tudo aquilo, e de forma genial. Não posso falar dela sem entrar em um campo pessoal, com toda aquela rebeldia, fúria, o desejo de liberdade, ela almeja fugir e deixar tudo pra trás, a cidade de merda, os pais de merda, a escola de merda, e como posso dizer...? De certa forma me vejo espelhado nela, quem nunca quis xingar um professor inconveniente? Brigar com os pais por simplesmente se preocuparem demais, fugir pra bem longe porque sua casa seus amigos, vizinhos, ninguém te entende. A satisfação de finalmente ver um jovem de verdade em uma obra juvenil é fantástica, de alguma forma é acalentador.

______Bem o que quero dizer com tudo isso é que Aku no Hana é uma obra LINDA! Isso mesmo você não leu errado LINDA! Maravilhosa e merece uma chance.




PS: Como sempre tentei resumir o máximo possível meus pensamentos, mesmo assim ficou gigante! Ainda assim não representa nem 10% de tudo que quero dizer sobre essa obra fenomenal, mas já é o suficiente, eu acho.

 
Avaliação Geral: 5 sentiment_very_satisfied - Animação: 5 sentiment_very_satisfied - Trilha Sonora: 5 sentiment_very_satisfied - Enredo: 5 sentiment_very_satisfied - Personagens: 5 sentiment_very_satisfied

Termos de Uso - DMCA Notification - Regras do Site - Alterar Tema
© 2020 Dream Animes - Carregado em: 0.02052903175354